Foto de Publicado novo regulamento do Imposto de Renda

Após quase 20 anos, foi publicado um novo regulamento do Imposto de Renda (IR), pela Presidência da República, no Diário Oficial da União em 23/11/2018. As mudanças vieram através do Decreto nº 9.580/18. Com a publicação da nova norma, fica revogado o antigo regulamento, instituído pelo Decreto nº 3.000/99. O novo Decreto é composto por mais de mil artigos sobre tributação, arrecadação, fiscalização e administração do IR. Sua publicação, de acordo com a Receita Federal do Brasil, visa consolidar em um único diploma legal às regras relativas ao imposto de renda publicadas até 31 de dezembro de 2016, que estão esparsas em diversas leis. Esta atualização já era esperada por muitos, levando em consideração o tempo de vigência do regulamento anterior, além da judicialização de alguns temas tratados por este. Apesar de ser afirmado que trata-se apenas de uma consolidação, é possível observar que alguns temas foram alterados pela nova legislação. Uma das novidades do regulamento está no artigo 939, que trata da possibilidade de o contribuinte utilizar precatórios para pagar o imposto de renda, algo que não existia no Decreto antigo. Os contribuintes apenas conseguiam proceder com esta compensação através de uma decisão favorável em processo judicial. Além disso, a Lei nº 12.973 é um ponto muito relevante no novo regulamento. Em uma análise preliminar, as alterações mais relevantes, na parte das tributações da pessoa jurídica, são baseadas nela. A Lei nº 12.973/14, trouxe muitas mudanças no entendimento de operações de incorporações, fusões e cisões, assim como suas respectivas formações de ágio e deságio. Uma outra novidade foi a previsão da contagem de decadência sob as duas perspectivas, previstas no Código Tributário Nacional. O regulamento anterior tratava apenas da contagem sob a forma do artigo 173 do CTN, mas agora, o artigo 946 traz também a previsão de contagem sob a forma do artigo 150, §4º do CTN, tema amplamente corroborado por nossa jurisprudência. O novo Regulamento do Imposto de Renda conta com 1050 artigos, e entrou em vigor na data de sua publicação. A equipe tributária da GT Consultoria está à disposição para quaisquer questionamentos relacionados a este assunto.  

Receita polemiza em Norma sobre Exportação

A Coordenação-Geral de Tributação – COSIT da Receita Federal do Brasil (RFB) editou o Parecer Normat... LEIA MAIS 

Rota 2030 é aprovada pelo Congresso

Foi aprovado pelo Governo Federal na última quinta-feira (08/11) o programa Rota 2030, que traz ince... LEIA MAIS 

Astronauta chefiará bilionário orçamento de Ciência e Tecnologia

Em entrevista à Folha do Pernambuco, após palestra ao evento de robótica do SESI, na última segunda ... LEIA MAIS 

RFB lança solução de consulta sobre exclusão do ICMS na base do PIS e Cofins

Passados 19 meses da decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal – STF, nos autos do Recurso Ext... LEIA MAIS 

Caso Ambev: CARF se posiciona sobre tratados para bitributação

O CARF (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) anulou uma parte da cobrança de cerca de 1,5 bi... LEIA MAIS 

GT festeja meia década de carreira de importante dupla

Em 2013, duas das principais engrenagens atuais da GT Consultoria desembarcavam como estagiários no ... LEIA MAIS 

ICMS-ST não integra base de cálculo do PIS e da Cofins

O ICMS recolhido por substituição tributária (conhecido como ICMS-ST), regime no qual a responsabili... LEIA MAIS 

Linha Bilionária financia projetos ligados ao conceito de “Cidades Inovadoras”

No dia 27/09/2018, o Governo Temer lançou o programa “Cidades Inovadoras”, prometendo a quantia de R... LEIA MAIS 

Fórum de investimento imobiliário em Portugal!

Nos próximos dias 5 e 8 de Outubro, São Paulo e Rio de Janeiro receberão dois encontros específicos ... LEIA MAIS 

Posicionamento CARF – Busca de redução de incidência tributária constitui propósito negocial legítimo

Em sessão realizada no dia 15/08/2018, a Quarta Câmara da 1ª Turma Ordinária do Conselho Administrat... LEIA MAIS 

Em decisão fora do comum, TRF-3 (SP e MS) autoriza compensação integral de prejuízo fiscal

A limitação da compensação de prejuízo fiscal em 30%, está prevista nos artigos 42 e 58 da Lei nº 8.... LEIA MAIS 

Agosto Lilás: workshop sobre assédio, discriminação, empoderamento feminino, etc

Desde sua fundação, a GT Consultoria carrega, entre outros valores, um plano de cargos e salários ca... LEIA MAIS 

RECEBA MAIS INFORMAÇÕES

Deseja receber nossas informações?

Preencha seu nome e seu e-mail e mantenha sempre atualizado.

PESQUISA E INOVAÇÃO: VISÕES E INTERSEÇÕES

PESQUISA E INOVAÇÃO: VISÕES E INTERSEÇÕES

O intuito desta obra é apresentar as relações entre conceitos, processos e resultados das áreas de pesquisa acadêmica e da área de inovação no Brasil