Aumento de Margem

Como aumentar a margem do meu negócio?

Aumentar a margem de um negócio depende de uma reflexão básica, que deve ser feita periodicamente e pode produzir efeitos muito rápidos e surpreendentes.

Um dos principais desafios ao empreendedor brasileiro é o emaranhado de impostos e contribuições que incidem sobre diferentes tipos de operações, portanto o mais trivial entendimento que deve ser cristalizado na cabeça do CEO, CFO ou empresário sobre seu negócio é: o que eu vendo? Produto, serviço ou ambos?

Será que o código da atividade empresarial (CNAE) que consta em minhas notas fiscais faz sentido? Será que meu negócio mudou nos últimos anos o suficiente para que o CNAE também seja alterado e ainda não foi?

A competição alavanca mudanças, as empresas inovam por necessidade competitivas, e muitas vezes falta tempo para pensar no negócio de uma forma mais macro, sem a correria do dia-a-dia. Serve para o varejo, atacado, indústria, segmento de tecnologia. Os diferentes impostos e contribuições podem ser o fiel da balança entre uma empresa ser lucrativa ou deficitária, competitiva ou ineficiente, senão vejamos em cada dos segmentos abaixo:

Exemplo 1: Software

Aumento de Margem

Uma mesma empresa de software ou games pode registrar como atividade econômica a prestação de serviço de desenvolvimento de software ou a venda (distribuição) de software, que também pode ser considerado, neste caso, como uma mercadoria. A primeira empresa será pagadora de ISS (Imposto sobre serviço), enquanto que a segunda pagará ICMS (imposto sobre mercadorias), o que no estado de São Paulo não significará muita diferença de alíquotas, podendo ser em ambos os casos 5%. Em outros estados, a diferença pode variar de zero a 20%.

Ocorre que nos tributos federais, haverá grande diferença entre as cargas tributárias dos 2 negócios, a iniciar pela opção do regime de tributação (lucro real ou presumido).

Certamente, neste caso, uma das empresas será mais competitiva do que sua arquirrival que tenha escolhido o modelo alternativo, sem que haja nenhum esforço operacional empreendido, simplesmente uma mera questão de entendimento próprio e planejamento.

Exemplo 2: Atacado e Varejo

Aumento de Margem

Duas empresas similares dos segmentos de Atacado e Varejo terão margens diferentes levando em conta uma questão trivial.

Muitas empresas realizam suas operações logísticas pensando em proximidade e otimização de rotas. Por que não adicionar este ingrediente, além da eficiência de suprimentos, um providencial e desejável incentivo fiscal para um novo centro de distribuição? Estamos aqui falando de redução de impostos novamente, e eficiência de caixa e custos ao final do dia.

Exemplo 3: Indústria

O que indústrias como de chocolate, refrigerantes, veículos têm em comum? Todas possuem produtos consagrados pela aceitação do públicoa e todas possuem filas de empresários querendo ser distribuidores de seus produtos ou franqueados de negócios.

O que as três possuem em comum é focar na parte boa do negócio: a consagração da marca. Que arca com o ônus de acordar cedo, vender, empregar, demitir, e tocar o negócio na ponta final é aquele franqueado, representante exclusivo, ou distribuidor que entrou na fila para se candidatar a ser comerciante dos seus produtos.

Aumento da Margem de Negócio

Cada uma com suas diferenças, mas na indústria do chocolate, a detentora da marca fica com robustos royalties que incidem sobre o faturamento do pequeno comerciante. No segmento de veículos, a margem do varejista concessionário das grandes montadoras também é definido de cima para baixo. Não é diferente no segmento de refrigerantes, com a diferença que este caso, a dona da marca sequer produz a lata ou os vasilhames que terminam na gôndola, o que fica a cargo de empresas de refrescos locais que se encarregam da produção e distribuição do mercado.

Isso faz sentido?

No Brasil sim. Afinal a atividade produtiva tem a maior carga tributária dentre todas: ICMS, IPI (imposto de produtos industrializados), PIS, COFINS. Todos os exemplos acima, são breves sínteses de que em todos os segmentos, essa reflexão sobre o que eu vendo e onde vou atuar pode ser o diferencial entre lucrar ou morrer.

RECEBA MAIS INFORMAÇÕES

Deseja receber nossas informações?

Preencha seu nome e seu e-mail e mantenha sempre atualizado.

PESQUISA E INOVAÇÃO: VISÕES E INTERSEÇÕES

PESQUISA E INOVAÇÃO: VISÕES E INTERSEÇÕES

O intuito desta obra é apresentar as relações entre conceitos, processos e resultados das áreas de pesquisa acadêmica e da área de inovação no Brasil