Pesquisa no Brasil

Quem financia a pesquisa?

Um estudo realizado pela USP (Universidade de São Paulo) compilou dados da Plataforma InCites, e dados do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) sobre investimentos em pesquisa no Brasil. 

Utilizando o módulo Funding Agencies, do InCites, foi possível levantar por localização geográfica e por nome da organização os dados de financiamento coletados da seção de agradecimentos ou rodapé dos artigos publicados e indexados na base Web of Science.

O que se percebe é que as financiadoras de pesquisa estão ligadas a algum ministério ou financiam via edital para empresas privadas, dentre os órgãos estão: CNPq, Finep, Capes, FNDCT, BNDES, além das agências estaduais que constituem as FAPs – Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa agrupadas no Confap. Há também leis de incentivo fiscal e fomento à inovação, como é o caso da Lei do Bem, financiamentos empresariais e institucionais. 

O levantamento realizado na Plataforma InCites revela como está o financiamento da pesquisa nos Estados brasileiros, contabilizada a partir do número de documentos publicados. O Estado brasileiro com maior produtividade e financiamento é São Paulo, seguido do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. A imagem abaixo demonstra um gráfico relacionado aos estados que mais se utilizam de fomento a pesquisa entre 2011 a 2018.

Em seguida está o ranking de financiadores entre os anos de 2011 a 2018.  

Considerando as vinte principais entidades financiadoras da pesquisa no Brasil (imagem acima), no período de 2011 a 2018, as áreas de mais destaque são Biologia Molecular e Bioquímica (8.873 documentos), Ciências das Plantas/Biologia Vegetal (6.444 documentos), Ciência dos Materiais (6.259), Farmácia e Farmacologia (6.201 documentos). 

Em local de destaque no ranking acima, a FAPESP é um exemplo de que o investimento em P&DI bem orientado, pode trazer retornos para o próprio estado, conforme estudo recente divulgado pela FEA. 

RECEBA MAIS INFORMAÇÕES

Deseja receber nossas informações?

Preencha seu nome e seu e-mail e mantenha sempre atualizado.

PESQUISA E INOVAÇÃO: VISÕES E INTERSEÇÕES

PESQUISA E INOVAÇÃO: VISÕES E INTERSEÇÕES

O intuito desta obra é apresentar as relações entre conceitos, processos e resultados das áreas de pesquisa acadêmica e da área de inovação no Brasil