ECONOMIA FISCAL E INOVAÇÃO

Aqui no blog você se informa sobre tudo o que compete ao universo fiscal: alterações legislativas e normativas, obrigações acessórias, regimes especiais, jurisprudência, e muito mais.

Como investir no mercado de games e entrar nessa área

Mesmo com franquias de games arrecadando bilhões anualmente, o setor não para de disponibilizar novidades.

A indústria dos videogames, desde o final dos anos 80, se mostra cada vez mais presente no cotidiano das pessoas. Em 2019, o setor movimentou mais de 120 bilhões de dólares, sendo o mais rentável dentro da indústria do entretenimento. É de se pensar que essa indústria apenas privilegia os grandes produtores de orçamentos faraônicos, mas isso não é verdade. Neste post, explicaremos como investir no mercado de games e entrar nesse mercado.

JOGOS PARA DISPOSITIVOS MÓVEIS

De acordo com o relatório da SuperData, não foram os grandes jogos que movimentaram a maior parte da economia, e sim aqueles que estão disponíveis para mobile. Mais de 60% de toda a arrecadação foi conquistada pelos jogos para celular, o que também facilita o desenvolvimento.

Estes dispositivos se tornaram essenciais para a vida das pessoas e, por causa da sua capacidade técnica, também é o ambiente mais barato para se produzir games. Existem projetos de grande sucesso que foram feitos por uma ou duas pessoas. Além disso, a distribuição é bem mais simples e barata pelos aplicativos do Android ou do iOS.

É possível também disponibilizar o game de graça e conseguir dinheiro com anúncios e/ou pequenas transações que dão vantagens de jogabilidade para quem compra. Dessa forma, o alcance de pessoas é maior e, consequentemente, o retorno financeiro também.

Como investir no mercado de games e entrar nessa área - GT Consultoria
REALIDADES VIRTUAIS OU AUMENTADAS

Para aqueles que pensam em projetos mais ousados para investir no mercado de games, as realidades virtual ou aumentada podem ser boas opções. Por mais que necessitem de mais investimento, o sentimento de imersão dentro do jogo costuma dar bons retornos.

É possível criar jogos deste tipo até mesmo nos dispositivos móveis, que têm mais foco para a realidade aumentada. Quanto mais capricho, mais horas serão disponibilizadas pelos jogadores ao seu projeto, o que pode significar mais ganhos com anúncios e transações.

CENÁRIO COMPETITIVO

Caso o seu game tenha a possibilidade de criar partidas disputadas entre os jogadores, é interessante investir em um cenário competitivo. Muitos jogos atraem a atenção de pessoas que sonham em ganhar dinheiro com campeonatos e viver o sonho de estar ou representar alguma equipe.

Com o nome estabelecido nos eSports, ou esportes eletrônicos, a divulgação gratuita se torna mais constante. Existe a chance, também, de ganhar dinheiro até com direitos de transmissão e patrocínios dos torneios.

Para mais dicas de como inovar em setores para se destacar no mercado, acesse o nosso Blog (colocar link). Deixe nos comentários se este conteúdo foi útil para você!