ECONOMIA FISCAL E INOVAÇÃO

Aqui no blog você se informa sobre tudo o que compete ao universo fiscal: alterações legislativas e normativas, obrigações acessórias, regimes especiais, jurisprudência, e muito mais.

Senado prorroga prazo para indústria automotiva concorrer a incentivo fiscal

Agora, o texto segue para sanção ou veto do presidente Jair Bolsonaro.

O Senado Federal aprovou uma Medida Provisória que estende o prazo para as empresas automotivas do Norte, Nordeste e Centro-Oeste se candidatarem ao incentivo fiscal da Lei nº 9.440, de 14 de março de 1997. Agora, os projetos poderão ser apresentados até 31 de outubro, quase quatro meses a mais do que a data anterior, 30 de junho. Descubra, neste post, o que significa essa prorrogação de prazo do incentivo fiscal!

Os créditos serão usados para abater o imposto devido pelas vendas de veículos entre 1º de janeiro de 2021 e 31 de dezembro de 2025. De acordo com a proposta, os negócios serão beneficiados com o crédito presumido do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Por causa disso será cobrado o Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros relativas a títulos e valores mobiliários (IOF), nas operações de crédito que usarem recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), de acordo com o site de notícias do Senado.

O QUE É A LEI 9.440/1997

A lei foi criada com o objetivo de estabelecer incentivos fiscais para o desenvolvimento regional, para as empresas instaladas ou que venham a se instalar no Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Para concorrer ao incentivo, portanto, os negócios precisam ser produtores de algum dos seguintes produtos:

  • Veículos automotores terrestres de mercadorias que transportem pelo menos quatro toneladas, caminhões-tratores e veículos com dez passageiros;
  • Caminhonetas, furgões, pick-ups e veículos que transportem até quatro toneladas;
  • Veículos automotores terrestres de passageiros;
  • Tratores agrícolas e colheitadeiras;
  • Máquinas rodoviárias, máquinas de escavação e empilhadeiras;
  • Carroçarias para veículos automotores no geral;
  • Reboques e semirreboques para o transporte de mercadorias;
  • Partes, peças e componentes para os veículos citados anteriormente.

Com isso, algumas vantagens podem ser obtidas, tais como redução de 100% do imposto por importação de máquinas e equipamentos, redução de 90% na importação de matérias-primas, isenção do adicional de frete para renovação da Marinha Mercante, entre outros.

Apenas serão aceitos os projetos com uma programação de investimentos e pesquisa para novos produtos ou melhoria dos já existentes.

Para saber mais sobre as notícias do universo fiscal, acesse o Blog da GT Consultoria. Você também pode assinar a nossa newsletter e nos seguir nas redes sociais. Deixe um comentário para sabermos sua opinião e se esse conteúdo foi vantajoso para os seus investimentos. 


São Paulo

Avenida Anápolis, CJ 603
Barueri, SP 

06404-250
Tel: (11) 3522-7035

Rio de Janeiro

Rua Duque de Caxias, 149
Vila Isabel, RJ 

20551-050
Tel: (21) 3527-0163

Belo Horizonte

Av. Santa Rosa, 231 – Pampulha
Belo Horizonte, MG
31275-260
Tel: (31) 4063 8194

Florianópolis

SC 406, nº 3339 Rio Tavares
Florianópolis, SC
88066-000
Tel: (48) 4042 0023

Curitiba

Rua Visconde de Rio Branco 1341, 5º Andar.
Curitiba, PR
80420-210

Tel: (41) 3797 1435

Salvador

Avenida Paralela, 13.223
Torre 6 SL 315 
Salvador, BA

41500-300
Tel: (71) 4062-9750

Brasília

Asa Sul CRS 516 – Asa Sul
Brasília, DF
70381-525
Tel: (61) 4042 7922

Antofagasta | Chile

Av. Angamos 1167
Antofagasta
Tel: +56 44 8900 584

Bogotá | Colômbia
Carrera 5 # 71-21. Torre A, Piso 5.
Tel: +57 1 5189 677
Madrid | Espanha

Calle de Gandía, 1 Adelfas
Tel: +34 91 0603228

Porto | Portugal
Rua de Belos Ares, 146
1º Porto – Fte 4100-108
Tel: +351 221 108 975

Todos os direitos reservados © – 2020- GT Consultoria